Para garantir a filiação de Jair Bolsonaro ao PL, o presidente do partido, Valdemar Costa Neto, teria garantido a Bolsonaro que não apoiaria a candidatura de ACM Neto (DEM) ao Governo da Bahia em 2022.

Segundo o jornal O Globo, o encontro ocorreu na tarde de terça-feira (23), no Palácio do Planalto. Em seguida, o PL anunciou que a cerimônia de filiação ocorrerá no dia 30. Conforme a publicação, na conversa com Bolsonaro, o cacique do Centrão prometeu apoiar o ministro da Cidadania João Roma (Republicanos), ao governo.

Ainda de acordo com O Globo, o Republicanos não está certo de que irá lançar Roma na disputa, já que a sigla cogita uma eventual aliança com Neto. Roma estaria conversando com Valdemar Costa Neto e não descarta se filiar ao PL.

A ida de Bolsonaro para o PL também inviabiliza a aliança com o PSDB em São Paulo, já que Valdemar havia prometido ao governador João Doria apoiar a campanha de Rodrigo Garcia (PSDB), seu vice que deve concorrer ao governo do estado. Na Assembleia Legislativa, o PL é aliado dos tucanos.

Bahia Notícias
Please follow and like us: