O fundador da Anvisa, Gonzalo Vecina Neto, condenou em entrevista à BBC Brasil, a insistência do presidente Jair Bolsonaro em negar o conhecimento científico e dobrar a aposta na “imunidade de rebanho” para conter a pandemia de Covid-19.

Para o médico sanitarista, essa postura mostra que o Brasil tem um líder “ensandecido e mal informado”.

“Temos no Brasil um presidente ensandecido e mal informado, que ainda vê a imunidade de rebanho como a solução. Ele acredita nisso até hoje. Outro dia fez um discurso reclamando da crise econômica, da inflação, do aumento no preço da gasolina… E botou a culpa nos governadores e prefeitos”, declarou Vecina Neto.

Professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) e do mestrado profissional da Fundação Getúlio Vargas (FGV), ele confia que o tempo vai dar o tratamento adequado a todos que tiveram participação na trágica história do coronavírus no país.

“A História vai contar tudo o que passamos e colocará no devido lugar todos os patrocinadores do genocídio”, diz.

A Tarde
Please follow and like us: