Pelo menos 12 dos 63 deputados estaduais se colocam como pré-candidatos ou têm boas chances de disputar prefeituras baianas este ano, conforme levantamento feito por A TARDE.

Isso significa que 19% daqueles com assento na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) podem concorrer no pleito de outubro.

Em Salvador, são pré-candidatos os deputados estaduais Robinson Almeida (PT), Niltinho (PP), Olívia Santana (PCdoB) e Hilton Coelho (PSOL). Robinson mantém a pré-candidatura até então, em uma disputa interna no Partido dos Trabalhadores, que decidirá o seu postulante em um encontro municipal de delegados, no dia 14 de março.

Olívia tem adotado o discurso de que manterá a candidatura e conversa como PSB e PSD. Niltinho também esteve reunido recentemente com o senador Ângelo Coronel, pré-candidato do PSD em Salvador. Ex-prefeito de Lafaiete Coutinho, Zé Cocá (PP) quer se eleger em Jequié. Jânio Natal (Podemos), por sua vez, planeja voltar à prefeitura de Porto Seguro. É a mesma situação de Zé Raimundo (PT), em Vitória da Conquista. Ainda em Conquista, Fabrício Falcão (PCdoB) se coloca como pré-candidato desde o final de 2019. Em Feira de Santana, segunda maior cidade do estado, dois deputados de oposição são pré-candidatos: Targino Machado (DEM) e José de Arimateia (Republicanos). Do PSD, dois deputados podem disputar o pleito municipal: Eduardo Alencar, em Simões Filho, e Mirela Macedo, em Lauro de Freitas. A lista de possíveis candidatos da AL-BA nas eleições municipais pode ser ainda maior. Em seu primeiro mandato na Assembleia, Jurailton Santos (Republicanos) já colocou o nome à disposição para concorrer em Vera Cruz.

Segundo sua assessoria, entretanto, o partido ainda não definiu a estratégia eleitoral no município e o deputado não é considerado pré-candidato da sigla. Havia um movimento para que o petista Osni Cardoso, ex-prefeito de Serrinha, concorresse ao cargo, mas o presidente estadual do PT, Éden Valadares, reafirma que o nome da legenda na disputa é Lucas Chicabana.

Presidente do PCdoB baiano, o secretário Davidson Magalhães (Trabalho e Esporte) também nega os rumores de que Bobô possa disputar em Senhor do Bonfim. “Ele é aliado do prefeito Carlos Brasileiro”, afirma o dirigente comunista.

Fonte: A TARDE

Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
×
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
Latest Posts